Pesquisa Methodus: Ana Amélia lidera intenções de voto ao governo do Estado Senadora do PP aparece com 38,2% na estimulada, à frente do governador Tarso Genro, que tem 31,8%


Uma pesquisa do Instituto Methodus aponta vantagem da senadora Ana Amélia Lemos (PP) nas intenções de voto para o governo do Rio Grande do Sul.

ma pesquisa do Instituto Methodus aponta vantagem da senadora Ana Amélia Lemos (PP) nas intenções de voto para o governo do Rio Grande do Sul. Na pesquisa estimulada, Ana Amélia aparece com 38,2% da preferência dos eleitores, à frente do governador Tarso Genro (PT), que tem 31,8%, de José Ivo Sartori (PMDB), que aparece com 5,4%, e de Vieira da Cunha (PDT), que tem 4,9%. Divulgado pela Rede Bandeirantes, o levantamento ouviu 1,5 mil eleitores de 25 municípios gaúchos entre 26 de novembro e 2 de dezembro. Num eventual segundo turno entre Ana Amélia e o governador Tarso Genro, a senadora venceria a eleição com 50,9% dos votos, contra 36,2% do petista. Em outros cenários de segundo turno, Tarso derrotaria Sartori (por 51% a 24,7%) e Vieira da Cunha (por 52,9% a 21,7%). Na pesquisa espontânea, Tarso lidera as intenções de voto, com 8,7%, à frente de Ana Amélia (2,5%), do ex-governadores Olívio Dutra (1,1%) e Germano Rigotto (0,8%). Outros nomes somados totalizaram 6%. O governador também aparece em primeiro lugar no quesito rejeição do eleitorado, com 31,1%. Ana Amélia tem 11,4%, Júlio Flores, (PSTU), 9,8%, José Ivo Sartori, 8,9% e Vieira da Cunha, 8,7%. Na China, Tarso comenta pesquisa Questionado sobre a pesquisa do Instituto Methodus pelo repórter Guilherme Baumgarten, da Band, o governador disse que ainda não decidiu sobre a candidatura e que o resultado não é desfavorável para o PT. ? Vocês colocaram meu nome como candidato único à minha revelia. É natural que quem está no governo tenha maior desgaste. A avaliação do nosso governo está adequada, porque só agora os resultados do que estamos fazendo vão começar a aparecer ? afirmou Tarso. No sábado, em Pequim, o governador havia dito que está conversando com o partido sobre a candidatura à reeleição e que a definição depende da evolução de três temas: o projeto de reestruturação da divida, que ainda nao foi aprovado, o palanque de Dilma no Estado e a conversa com os partidos aliados, a quem o PT vai apresentar uma carta de intenções.


Fonte: http://zerohora.clicrbs.com.br/rs/politica/noticia/2013/12/pesquisa-methodus-ana-amelia-lidera-intencoes-de-voto-ao-governo-do-estado-4355171.html
carregando...