Categoria: Artigos de Capa

Considerando os impactos da elevação da temperatura no planeta, em decorrência do aumento das emissões de CO2, surgiu pela primeira vez em 1992, no Rio de Janeiro, durante a Conferência das Nações Unidas sobre Meio Ambiente e Desenvolvimento (ECO-92), a possibilidade de criação do mercado de créditos de carbono. Mais tarde em 1997, no Japão, na cidade de Quioto é assinado o “Protocolo de Quioto”, em que os países signatários iriam assumir compromissos de redução das emissões de gases de efeito estufa, de forma mais rígida.